ESPECIAL DE FEVEREIRO: FAZENDO A MALA SEM ESTRESSE

Parte 2: planejando a mala

Está curtindo nosso especial? Esperamos que sim. Se você ainda não sabe onde este post começou, vem ver a Parte 1, onde ensinamos como escolher a mala ideal para sua viagem. Mas, se você já leu e está até
com a bag na mão, continue com a gente para aprender como planejar o que colocar dentro dela, sem exagerar na medida e nem esquecer nada para trás. 

A nossa missão de hoje é: planejar para organizar. Isso mesmo, planejar. Nada de sair enfiando tudo que vê pela frente na coitada da mala. Tem coisa que é bagagem, e tem coisa que é só bobagem mesmo. Um
pensamento estratégico, neste momento, para definir as suas reais necessidades é essencial. Mas tenha calma! Não é preciso tabelas, gráficos nem diploma de PhD pra fazer isso. Essas dicas super simples já vão te ajudar, e muito:

#1 Avalie seu destino e itinerário

Para estar fazendo as malas, com certeza você já sabe para onde vai, certo? Então, pare um momento e reflita: que tipo de viagem será essa? Vou a trabalho ou a passeio? Quantos dias vou ficar? Quais atividades realizarei? Terei algum evento mais sofisticado para participar? Com essas respostas em mente, seu norte já estará dado. Fazer essa avaliação te indicará, no mínimo, algumas peças que não poderão faltar e uma noção básica do que não será necessário.

#2 Faça um checklist

Você pode fazer um próprio ou pegar algo pronto na internet. Se quiser um modelo para se basear, achamos esse aqui bem legal. Providencie mais de um, pois ele também será bastante útil na volta. Uma dica imprescindível para os esquecidos de plantão: se você for viajar de avião e precisar levar algum remédio, principalmente se for uma viagem internacional, lembre-se de verificar com antecedência se será necessário apresentar sua prescrição médica e se há alguma limitação de quantidade. Faça essa pesquisa mesmo que seja um remédio de uso irrestrito aqui no Brasil, pois em alguns países essa condição pode ser diferente. O dipirona, por exemplo, é proibido nos Estados Unidos.

#3 Montando looks

A melhor parte para alguns, o desespero para outros, mas sem dúvida uma etapa crucial para todos. O volume e o peso da sua mala estão em jogo por aqui. E tudo depende da sua criatividade. Sempre pensando no seu planejamento inicial, busque o máximo de peças-chave que você puder. Aquelas básicas que combinam com quase tudo sabe? Que você pode repetir, sem dar muito na cara, pois elas permitem que você crie combinações completamente diferentes uma das outras. Se tiver uma programação mais detalhada das atividades que fará ao longo de cada dia, pode até deixar as peças juntas na mala, seguindo uma possível ordem de uso, para facilitar o processo de encontrá-las durante a viagem. O mesmo vale para sapatos, faça escolhas versáteis e não precisará de muitos. 

#4 Escolhendo as nécessaires

Se você já tem o checklist que recomendamos, agora é hora de organizar as nécessaires com os itens de banho, higiene bucal, remédios, maquiagens, e afins. É sempre recomendado separar as nécessaires por categorias (como as que citei acima), pois assim elas ficam menos atoladas. Desta maneira, além de otimizar o espaço da mala, você otimiza seu tempo durante a viagem, tornando-a muito mais prática.

Por hoje é só, mas fique atento(a) porque no post da semana que vem vamos te mostrar como arrumar tudo que você já planejou, dentro daquela mala perfeita que você escolheu. E, o melhor, sem sofrer na hora de fechá-la. Segue a gente lá no Facebook para não perder nada!

Fonte:
http://www.blogvidadecasada.com/como-arrumar-a-mala/
https://complemento.veja.abril.com.br/entretenimento/checklist-de-viagem/
https://www.facebook.com/annecypousada/